Ebola e eleições presidenciais

Ebola

Muito tem se falado de crise econômica no Brasil. E, acredito, o pessímismo midiático até insuflou essa crise. Mas poucos falam das reais dimensões de outro problema muito mais grave: o ebola.

Essa doença ainda se mantém relativamente restrita à África, apesar de casos isolados em outros países, contudo até quando?

Os governos dos principais países do mundo e a opinião pública mundial parecem que não perceberam a gravidade dessa doença, que se transforma em epidemia regional.

Melhor investir no controle da epidemia na África do que tentar controlá-la após se alastrar por outros continentes.

Não é necessário frisar que o atendimento médico, com pessoal e medicamentos, é essencial. Assistir os doentes no local onde moram é preferível que ficar impassível diante do alastramento da doença, que ocorre com a migração de populações atingidas.

Além do tratamento dos enfermos, os países, sob a gerência da ONU, deveriam enviar alimentos para os países atingidos, inclusive através da distribuição por paraquedas para as populações nas áreas epidêmicas. Tal prática evitaria a migração de infectados, devido ao consequente desequilíbrio da economia local nas áreas em que a doença se disseminou.

Por fim, o controle severo de trânsito de pessoas e produtos entre a África e o restante do mundo e entre subregiões desse continente, com adoção de quarentena para os viajantes, seria imprescindível.

Eleições

A forma que o Brasil enfrentará esse problema está muitíssimo ligado aos resultados eleitorais. O governo de Aécio Neves em Minas Gerais mostra total descaso com a saúde pública. Os 4 bilhões de desvio da área de saúde para a Copasa, empresa de saneamento e esgoto do Estado, demonstra a importância que esse candidato dá ao tema. Fala-se que mais recentemente a Copasa nega ter recebido esse quantitativo, o que piora a situação. ( Pesquise no Google.)

Imaginem o Brasil em risco epidêmico. O que esperar de um governo do PSDB?

Tenho família e crianças, tanto quanto outros brasileiros, e a possibilidade dessa doença disseminar-se no Brasil tem me afligido. Principalmente se estivermos sob governo tucano.

Esse não é um texto leviano, eleitoreiro, mas são de fato minhas preocupações. Diante da irresponsabilidade do governo Aécio com a saúde, não posso deixar de temer.

Acrescento que tenho uma visão espiritualista da vida, Acredito em karma, individual e coletivo. Pergunto-me se uma população elege governante que desvia dinheiro da saúde, que karma coletivo estará atraindo para si?

Peço que reflitam no momento de escolher o presidente. Peço que, independentemente de quem ganhe as eleições, apoiem movimentos, como o Avaaz e Médicos Sem Fronteiras, assinando petições, contribuindo monetariamente, engajando-se. Devemos lutar para que os governos auxiliem ativamente a ONU e ONGs a enfrentar o ebola, o quanto antes.

Discernimento e saúde para todos.

PS: Até hoje sabia apenas de 4 bilhões de desvio.

Fontes:

Ministério Público de Minas desiste de ação de improbidade contra Aécio. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/02/1409948-ministerio-publico-de-minas-desiste-de-acao-de-improbidade-contra-aecio.shtml . 10-02-2014.

Vide informação sobre desvios.
Aécio governou Minas Gerais entre os anos 2002 e 2010.
anos tucanos(1).jpg
Fonte: Sindicato mineiro quer desengavetar ação do MP contra Aécio por desvio de recursos.  http://www.redebrasilatual.com.br/eleicoes-2014/sind-saude-e-conselho-estadual-de-saude-mineiro-querem-desengavetar-acao-contra-aecio-pelo-desvio-de-mais-de-r-7-bilhoes-5656.html .16-10-2014

“Em fevereiro de 2014, uma segunda ação proposta pela promotora Josely Pontes contra Aécio Neves, para questionar a contradição entre os R$ 3,3 bilhões que aparecem na prestação de contas e a negativa a Copasa em tê-los recebido, foi arquivada pelo Tribunal de Justiça sem análise de mérito. Em junho, o Tribunal manteve o arquivamento.” (Justiça mantém Minas como réu em ação de uso indevido de R$ 3 bi na gestão Aécio. http://noticias.r7.com/eleicoes-2014/minas-gerais/justica-mantem-minas-como-reu-em-acao-de-uso-indevido-de-r-3-bi-na-gestao-aecio-29072014 . 29-07-2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s